Na Caesinha, prefeitura desarticula lixeira viciada e implanta projeto Agora é Jardim

Mais uma lixeira viciada foi desfeita pela prefeitura da capital e transformada no projeto Agora é Jardim. Desta vez, na Caesinha, localizada na Rua Hugo Alves Pinto, no bairro Perpétuo Socorro, que vinha servindo de ponto para o acúmulo irregular de lixo há anos.

A equipe da Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística (Semur) atuou durante três dias no espaço. “É uma operação grande e que envolve trabalhadores da varrição, remoção mecanizada, fiscais, grupos de conscientização e, neste caso, equipe de jardinagem. Ou seja, é bastante trabalhoso para a prefeitura desarticular esses pontos, mas o interessante é que os moradores nos ajudaram”, explica o secretário Augusto Almeida.

O Agora é Jardim já foi implantado em mais de seis pontos e tem como proposta retirar todo lixo do local, arborizar as áreas de lixeiras viciadas, com pneus inservíveis, que são pintados e enchidos com terra preta, e neles são fincadas plantas frutíferas e ornamentais. A grande novidade é que os moradores ajudam na implantação do projeto.

César Castro, morador do entorno da Caesinha, gostou da implantação do jardim no local e acredita que a população dará valor ao novo espaço. “Sabemos que são os próprios moradores e populares que criaram essa lixeira. Criar um jardim no local é bom, porque valoriza a área e inibe essa prática. Cuidaremos para que esse jardim permaneça”, disse.

Balanço

Mais de 150 lixeiras viciadas foram desarticuladas pela Prefeitura de Macapá este ano. A Semur disponibiliza o Disk Denúncia (99970-1078) e pede à população que denuncie via WhatsApp, com fotos e vídeos. Denúncias sobre despejo irregular de água servida, lixeira viciada, entulho em ruas, canais e avenidas, podagem e eliminação de forma errada de árvores, atraso nos serviços de coleta domiciliar e despejo de esgoto também podem ser encaminhadas, mas devem constar horário do acontecimento e endereço para que a apuração ocorra da melhor maneira. A identidade do denunciante é preservada. Além disso, os artigos 44, 45 e 39 da Lei Complementar 054/08 prevê notificação e multa para os responsáveis por descarte irregular de resíduos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *