Ex-deputado estadual diz que tendência é apoiar o projeto de reeleição do governador, mas sem integrar oficialmente a coligação que o tem como cabeça de chapa. Aliança com PPS, PTC e Solidariedade terá dobradinha com ele e o Pastor Guaracy.

O ex-deputado estadual Jorge Amanajás confirmou na manhã desta quarta-feira (20) com exclusividade no programa LuizMeloEntrevista (DiárioFM 90,9) que é pré-candidato ao Senado numa aliança, inicialmente, de três partidos (PPS, PTC e Solidariedade), que será independente, sem integrar a coligação que vai ter como cabeça de chapa o governador Waldez Góes. Segundo ele, a opção pela independência foi para viabilizar a dobradinha entre ele e o Pastor Guaracy e também como forma de garantir a eleição de pelo menos dois deputados federais.

Fonte: Diário do Amapá