Ibope. Capi segue líder. Waldez e Davi, tecnicamente empatados. Eitaaaa

Saiu a segunda rodada de pesquisa do Ibope. Conforme a pajelança do datablog previu, a disputa para ir ao segundo turno será voto a voto, entre Waldez Góes e Davi Alcolumbre. Capi já está quase lá.

Pouca variação nos números de Capi e Waldez da pesquisa de agosto para a de setembro. E Davi foi o candidato que mais cresceu.

Veja os números:

Nas simulações de segundo turno: Capi ganha de Waldez. Davi ganha de Waldez. E se for Capi e Davi, os números da simulação hoje são de empate técnico, dentro da margem de erro.


Waldez segue sendo o candidato com a maior rejeição. E Davi tem a menor rejeição, entre os candidatos com maior capacidade de disputa.

  • EM UM ESTADO QUE TEM A MAIOR PARTE DE SUA ECONOMIA GERADO PELO SETOR PUBLICO, UM GOVERNANTE QUE PASSOU 3 ANOS SEM DAR AUMENTO, E LOGO EM ANO DE CAMPANHA POLÍTICA DAR APENAS 2,8% DE REAJUSTE SALARIAL AOS SEUS SERVIDORES, O QUE NEM RECUPERA SEU PODER DE COMPRA PERDIDO PERANTE A INFLAÇÃO, JÁ ERA DE SE ESPERAR ESSE RESULTADO. UM PURO REFLEXO DA INSATISFAÇÃO DA GRANDE PARTE DESSE PÚBLICO E DE SUAS FAMILIAS.

  • EM UM ESTADO QUE TEM A MAIOR PARTE DE SUA ECONOMIA GERADO PELO SETOR PUBLICO, UM GOVERNANTE QUE PASSOU 3 ANOS SEM DAR AUMENTO, E LOGO EM ANO DE CAMPANHA POLÍTICA DAR APENAS 2,8% DE REAJUSTE SALARIAL AOS SEUS SERVIDORES, O QUE NEM RECUPERA SEU PODER DE COMPRA PERDIDO PERANTE A INFLAÇÃO, JÁ ERA DE SE ESPERAR ESSE RESULTADO. UM PURO REFLEXO DA INSATISFAÇÃO DA GRANDE PARTE DESSE PÚBLICO E DE SUAS FAMLIAS. ESPERO QUE ISSO SIRVA DE EXEMPLO AO PRÓXIMO GOVERNANTE´.

  • PARA UM ESTADO EM QUE A MAIOR PARTICIPAÇÃO NA RENDA PER CAPTA VEM DO FUNCIONALISMO PUBLICO, UM GOVERNANTE PASSAR 3 ANOS SEM DAR UM AUMENTO,NEM QUE SEJA PARA CORRIGIR O PODER DE COMPRA PERDIDO PELA INFLAÇÃO. E EM ANO DE ELEIÇÃO DAR APENAS 2,8%, SÓ PRA DIZER QUE DEU AUMENTO SALARIAL, ISSO É O REFLEXO DO DESCASO COM O SERVIDOR PÚBLICO. ESPERO QUE O PRÓXIMO GOVERNO LEVE ISSO COMO LIÇÃO PARA AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *