Frase da Semana

“Não vou cumprir recomendação nenhuma. A verba indenizatória é lei e está formatada, e não vou reduzi-la. O Ministério Público não é poder, eu sou poder”

Deputado Moisés Souza, presidente da Assembléia Legislativa do Amapá, em entrevista ao Jornal A Gazeta

  • Fico triste quando sujeitos tomam para si o poder de forma indivisível. Essa tradição jusnaturalista de pensamento nos dá a exata dimensão da distinção entre o direito e lei. É necessário distinguir o jus e o lex, pois as consciências privadas representam, neste caso do Presidente da Assembléia Legislativa, a exclusiva vontade de quem detém o poder. Na teoria de Estado de Hobbes, quando subverte-se o direito do cumprimento, as intenções tomam formas que a moral pública condena. Não podemos aceitar que a soberania do poder possa prescrever a racionalidade financeira do dinheiro público, diga-se de passagem oriundo de uma pesada carga tributária dos contribuintes; O Leviatã em Hobbes diria que “também pertence ao poder soberano a autoridade judicial, quer dizer, o direito de ouvir e julgar todas as controvérsias que possam surgir com respeito às leis, tanto civis quanto naturais, ou com respeito aos fatos”. Ao contrário do que defende o deputado Moisés Souza, o Ministério Público é sim a autoridade judicial neste caso. Nós, na condição de eleitores e cidadãos damos o consentimento nas eleições aos gestores públicos, que possamos sempre tirar lições e usar de uma arma poderosa que a tradição jusnaturalista jamais conheceu, o voto.
    Alexandre Souza Amaral
    [email protected]

  • E o pior é que ele o deputado está certo. Ele é poder. Nós demos esse poder a ele. Nós amapaenses temos que aprender a votar.

    • É isso mesmo: temos um eleitorado em grande parte venal! Parte critica o atual mandante, cinicamente esquecendo a chancela que deram ao roubo, por meio da omissão e pequenas locupletações. A outra relembra insistentemente o passado, esquecendo propositadamente eventos que os desqualificam como monopolistas da moralidade. E assim seguimos…

      Dep. Moisés, plenipotenciário de plantão, “Vossa Excelência” (seu cargo, não seu CPF ou RG, insistem em esquecer disso) representa poder emanado (muitas vezes comprado, é verdade) do povo!! Este povo o aprovaria se soubesse que o senhor, desavergonhadamente, apoia uma sandice dessas em meio a um povo abarrotado de carências?? Há muito, essa Assembléia perdeu a noção e a compostura. Vocês estão assediando o povo perigosamente!!
      Um dia essa casa cai…

  • Político tucuju rabo de cuia é assim mesmo. Pensa que ao assumir funções públicas que devem se refletir no bem estar da população, inverte as coisas, mistura o público com o privado, e finalmente para coroar em grande estilo se imagina encarnar o espiríto do Rei Luis XIV da França.
    Vergonha, sensatez e caldo de galinha não fazem mal a ninguém excelentíssimo senhor Presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Amapá!
    Nome pomposo para tamanha prepotência, excressência e mediocridade politica.

  • Não seria razoável a extinção do Legislativo? a final economizaria muito dinheiro e ninguém notaria a falta de tais…

      • Não é radicalismo, é praticidade! Pra que servem os Deputados? Eles cumprem a função para qual foram eleitos? Se a resposta é não, então não fazem falta mesmo.

        • Concordo em gênero e número!!! Tem professor que não falta, tira do bolso pra dar uma boa aula, trabalha, muitas vezes, com adolescentes que o ameaçam,enfim… E não ganham o que deveriam ganhar. Essa “profissão” deputado/a é a boa: ganham MUITO bem, aparecem pra “trabalhar” quando dá, se não estiverem viajando, fazendo lipo, no salão, passeando, verificando questões pessoais… É brincadeira! Por isso que é mais concorrida que vestibular. Coloquem o salário de deputado, vereador, prefeito, senador apenas com uma gratificação pra ver se alguém quer. E pior, a gente reclama, reclama, reclama e vai ficar no mesmo. Ninguém faz nada!

      • Nestes casos tem que ser radical mesmo,perde vc e todos que pactuam com essa imoralidade.O povo os elegem p/serem servidos por eles e não para serem servidos pelo povo,entendeu Breno?Não vou desenhar pq sei que és inteligente,oque vc disse foi só um deslize,faltou a aula de matemática enão aprendeu a SOMAR.

        • Não, Carla! Dou aula de estatística para cursos superiores em Macapá e Santana. O problema é o radicalismo! Seria simples o povo votar não pela farinha, pela telha e por quaisquer outras coisinhas bobas e, sim, por convicção e pelo bem da maioria. A democracia é tão boa e não existe algo mais forte que o voto! O problema é saber votar! Se o povo tivesse o mínimo de vergonha na cara, não voatria mais nesses nobres. Simplesmente.

  • Meu deus… Onde é que o Amapá vai parar? Sera que esses deputados estão cegos? Tomara que o ministério publico não abaixe a orelha para isso. A sociedade deve apoiar as ações do parquet com todas as suas forças, 100 mil reais por mês para cada deputado estadual é um absurdo! Total discrepância com a realidade que os Estado passa. Francamente é triste…

    • Preclaro Arley, cego é o povo que em quatro em quatro anos se vendem e elegem as mesmas pessoas que, pouco a pouco, mostram porque querem estar ali. Daqui a pouco tempo tem eleição, é só pagar pra ver.

  • É isso que é democracia?!?!?!Qualquer Poder deve se submeter às leis, é óbvio. E foi por uma medida “legal” que foi majorada tal verba, mas, não basta ser legal deve ser moral!
    O que será que pensam os eleitores menos abastados do nobre parlamentar?!?
    Como a AL que é responsável, com o auxílio técnico do TCE, pelo controle externo dos gastos do Estado vai fiscalizar se não dá o exemplo de probidade e moralidade?
    #tristeza.

  • Engraçado né… Na época das eleições era “meus caros amigos, eu vou estar perto de vcs, vou ajudar vcs, vou dar exemplo de gestão….” e olha só o que está acontecendo…. “eu sou o poder”… Putz cara, tu imaginas um caboco desse aí desrespeitar o Ministério desse jeito, q é o único orgão que temos para interceder por nós junto ao legislativo, imagina o que ele não deve fazer com as pessoas que vão solicitar a ajuda da assembléia pra qualquer coisa que seja… Lamentável essa política do nosso estado… É ´por isso q as ruas estão desse jeito, os hospitais e escolas sucateados… Que vergonha em Presidente da Assembléia Legislativa… que vergonha!

  • Pois é, ai mora o X da questão, “EU TENHO PODER” ditadores também tem poder. O problema está em ter ética nobre deputado.

  • Lamentavelmente, isto ocorre num Estado Democrático de Direito!!! a manifestação inerte do MP, retrata a atual conjuntura de compromisso partidário, e agora MP, fazer o quê?.

  • Isso me fez lembrar aquele ¨causo¨ um réles mortal encontrou o nobre doutor Deputado poderoso no elevador de uma repartição pública de macapá ao abrir a porta deu de frente com o dito cujo e falou: – Aí meu DEUS!!!!!
    O mesmo não tibetiou: Ainda não mais falta pouco…

  • Lembrando que além de R$ 100.000,00 de verba indenizatória cada deputado ganha um bom salário em torno de R$ 18.000,00 mais sessões extraordinárias e verba de gabinete. É muita grana! Quero ver qual vai ser a reação do Ministério Público depois dessa afronta.

  • Quanta determinação, queria ver tudo isso em trabalhos prestados a sociedade deputado. Falou em dinheiro as pessoas se transformam.

  • A grande maioria dos políticos,fingem desconhecer seu verdadeiro papel,são arrogantes,loucos por dinheiro,e nÃo interessa a procedencia do mesmo;adoram um tapinha nas costas,pensão que estÃo sempre fazendo favor ao povo,o qual eles estão sempre ludibriando e não fazem nada pelo social, sua verdadeira obrigação.

  • São todos farinha do mesmo saco. Alguns estão com uma pele de cordeiro, mas são verdadeiros lobos com sede pelo dinheiro público. O Deputado Moisés Souza – como muitos pelo Brasil afora – representam apenas seus interesses em verdadeiro detrimento aos interesses daqueles que o elegeram ou, certamente, daqueles que venderam seus votos. Qualquer ser racional, por mais pressionado que esteja, deveria evitar falar bobagens e demonstrar arrogância perante a sociedade. Isso mostrar para que o deputado veio e suas reais intenções à frente do Parlamento Estadual. É uma pena.

  • Ai eu ainda consigo ficar passada com isso!AFF!É tão revoltante esses caras ganhando horrores e o povo na miséria, mas o povo tem os representantes que merece isso é fato!

  • Se o MP tivesse coragem e disposição poderia tranquilamente acioná-lo por improbidade. Mas parece que está apenas fazendo H.

  • O Deputado Moisés tem razão. O que são R$ 100.000,00 por mês? O qeu são R$1.200.000,00 por ano pra cada Deputado? O que são R$ 4.800.000,00 por legislatura por Deputado? o Que são R$ 115.200.000,00 em quatro anos de Verba? Não é nada.. Afinal o Estado não precisa de dinheiro. Está sobrando. Não falta dinheiro pra compra remedio, nem falta pra merenda, nem falta para pagar bons salários aos professores….
    O Presidente é o novo retrato do velho legislativo do Estado.
    Só gostaria de lembrar que a sociedade brasileira vem se manifestando, ainda que timidamente contra a corrupção e a impunidade dos póliticos. Desta mesma forma começou o Diretas Já, o impedimento do Collor, a queda do Mubarak e Kadafi e de muitos outros que ousaram zombar e tripudiar da tolerancia do Povo. Deputados ainda é hora de rever essa infãmia e esse verdadeiro crima contra os amapaneses, que em sua maioria ganham pouco mais que o suficiente para sobreviver e às vezes nem isso.
    Muleke, que está puto com os cara.

  • Que bonito! é mais bonito ainda para quem ganha R$ 545,00 (quinhento e quarenta e cinco reais). Deveriam eles receber este valor, por mês, para passar suas legislaturas.

  • É lamentável a situação desse pequeno estado Chamado Amapá…

    Estou morando aqui a 15 anos … e posso falar com toda convicção que no AMAPÁ TUDO PODE ACONTECER….

    O CULPADO DE TUDO ? PENSE ?
    R: O POVO.!!!!!!

    Infelizmente o povo merece sofrer….

    Passar 4 anos sofrendo… é complicado…

    Passar mais 4 anos sofrendo é opcional..

    ENTÃO PELO AMOR DE DEUS.. NÃO VENDA SEU VOTOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOo

    • Mas antes a culpa foi do marques de Pombal, aquele sacana… Eu e voce, que migramos para cá, estariamos livre dessa sacanagem de aturar essas figuras… Talvez elas nem existissem!!! Que bom seria!!!

  • Lamentável! todos farinha do mesmo saco! Nao teve um Deputado, ou Deputada que foi contra o aumento da verba. Todos aceitaram e recebem mensalmente o valor de R$100.000,OO, e fora o salario e mordomias. E o pobre continua a receber um salário minimo para sustentar sua família. E ainda, este mesmo pobre é que coloca esses famitos por dinheiro, na Assembléia.

    • É verdade cristina, vc tem toda razão, o povo tem que tomar vergonha na cara e aprender a votar, tem que parar de trocar farinha por voto, que é só naquele dia, tem que aprender que esses deputados que estão na sua maioria já estão pra se aposentar no mandato e povo continua comendo poeira pranão dizer outra coisa.

  • Muitas coisas que acontecem no País são resultado da passividade do povo.
    A arrogância como a deste cidadão é própria de quem acredita na impunidade e de quem acha que está acima do bem e do mal.
    Infelizmente êles sempre afirmam que o poder emana do povo, verdade verdadeira, apenas não nos apercebemos e não fazemos uso disso. Seu voto é o poder que emana para fazer a faxina devida. Ame-se mais, pegue a vassoura verde e nas próximas eleições mostre quem realmente tem poder, peça respeito a você e ao erário público.

    • Não querendo ser anarquista mas “todo poder emanda do povo” é história prá boi dormir mano.
      Está apenas escrito.

      • É de pensamento deste nível que o cidadão em questão necessita para continuar tripudiando de tudo e de todos. Infeliz o povo que não conhece suas possibilidades e acha que a união faz apenas açúcar.

        • kkkkkkkk….ótima resposta Ruy,este cidadão merece o deputado que tem.Rio p/não chorar de ver um cidadão dizer um besteirol destes….hehehe.Fazer o quê?

  • Que o presidente moises nao se esqueça que ele e pago com o dinheiro do povo ou seja isso se chama uma verdadeira afronta a sociedade e de seus eleitores que depositaram a confiança neste cidadao.

  • No Chile um aumento de 5% na tarifa dos transportes levou o povo as ruas para protestar, foi o maior quebra pau… Aqui os deputados conseguem aumentar absurda e injustificadamente essa verba rindo e ameaçando o povo… VERGONHA!

    • crente
      cren.te
      adj e s m+f (lat credente) Que, ou pessoa que tem fé religiosa.
      Ou seja voçe acredita em Deus vç e um crente.
      Amigo não confunda as coisas carater não depende de religião, isso e uma decissão particular, independente de credo religioso.
      Boa semana p vç e sua familia.

  • Salve!! “Moisés”, QUEM É ESTE HOMEM ? UM SIMPLES E MERO MORTAL, OU TALVEZ QUEIRA SE COMPARAR COM O INIGUALÁVEL CÉSAR “O GRANDE”. SERÁ QUE O M.P, VAI SE CALAR + UMA VEZ… A ESTA PESSOA, UMA REINCARNAÇÃO DE NERO !O MOISÉS QUE LI NA BÍBLIA, LIVROU O POVO DA ESCRAVIDÃO E DIAS DIFÍCIES AO CONTRÁRIO DESTE AÍ !!

  • já que o Ministério Puplico quer moralizar com todo o respeito mais bem que a Doutora Ivana Franco fosse pra cima tbém do atual Governador do PSB Camilo Capiberibe que comete crime de nepotismo e nomeia seu primo legitimo para a Seplan o Juliano Del Castilo, espero Doutora Ivana que a senhora tbém não feche os olhos para esta improibidade

      • Corrigindo a informação, não é Lei do nepotismo e sim a “súmula vinculante nº 13”, que declara que a nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau (…) viola a Constituição Federal; e nesse caso tem dois poréns: primos são colaterais de quarto grau, portanto não atingidos pela aplicação da súmula, e, antes disso, os Secretários de Estado são considerados “agentes políticos”, portanto também não atingidos por ela.
        Os Capirotos sabem fazer as coisas sem deixar rastros…

      • esta bem se permite, fazer o que? mais de qualquer forma vou mandar um e_mail pro Ministério Púplico de Brasilia e solicitar informação sobre esta caso de nomeação de parentes da familia do atual Sr: Governador Camilo em seu Governo.abs

  • Cuidado, pois o andor é de barro. O presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, foi denunciado pelo Ministério Público e saiu de lá , preso e algemado,para se explicar em Brasília.

    • Rui, isso não vai demorar a chegar por aqui, é uma vergonha o que estão fazendo na Assembléia. Vc já viu quem é o Assessor da presidencia? um Ex presidente que foi cassado, pode isso? só em Macapá mesmo.

  • Que absurdo, é revoltante o que acontece nesta cidade, agora se não houver uma grande participação popular exigindo que acabe com essa sacanagem as coisa vão ficando do mesmo jeito ou quem sabe até pior. O que mais me deixa indignada é que eu na qualidade de micro empresária, começo a trabalhar todos os dias de minha vida as 5:30 da manhã, gerando empregos,pagando tributos e haja tributos! Vamos para as ruas gritar contra essa cambada de parasitas que estão sugando nosso sangue, nossas forças, cada dia que passa eles ficam mais ricos as custas da pobreza do povo.Não dá mais para ficarmos de braços cruzados apreciando essa sacanagem. Vamos as ruas gente.

  • Alguém pode informar: quando a PF vai chegar na ALEA. Nunca se desviou tanto dinheiro público na história da ALAE/AP, como nos últimos 9 anos. Os caras fazem saque de dinheiro público na boca do caixa como se fosse conta corrente pessoal. Égua muleque!

  • Esse deputadosinho chamado Moisés Souza não sabe o que é ÉTICA e nem MORAL. O MP deveria botar quente em cima dele, sem pena e nem dó. Égua meu!!!

  • e ainda se diz representante da classe evangélica, deus deve ja ter escrito algumas belas linhas de punição ainda em vida pra esse rapaz, “o dono do poder”

  • Acho que os parlamentares, de todas as esferas, tem uma relação custo/benefício baixíssima para a sociedade. Custam um escândalo para o Erário e dão pouco ou quase nenhum retorno, com honrosas exceções. Não seria o caso, entretanto, de radicalismos como propor a extinção desse poder, mas o povo deveria ser mais exigente, cobrar o retorno do investimento e fiscalizar a sua atuação. Deveria também haver mais TRANSPARÊNCIA. Além desse valor soar quase como um escárnio, a falta de PRESTAÇÃO DE CONTAS, DETALHADA e devidamente JUSTIFICADA, é a apunhalada derradeira nos poucos que ainda insistem em depositar, voluntariamente, a confiança nesses nobres representantes.

    • Não gosto das instituições que temos, mas ainda são legítimas, contratadas socialmente entre todos. O que odeio mesmo é a passividade do povo. Não passo fome, frio ou qualquer necessidade e fico fulo da vida com esse povo, mas muito mais fulo com os caras que enchem o buxo com duas duelos e uma caixa de som enquanto o circo pega fogo e roubam nosso dinheiro. Seus filhos tem uma educação paupérrima, tem pouca ou quase nenhuma assistência pública e continuam elegendo esses caras. Gostam de sofrer, pactuam com os corruptos em troca de pouco ou de muito ou são toscamente ignorantes, haverá mais alternativas?

      • Tudo verdade amigo,o “zé povinho” virou “zé bolsinhas”,estas criadas para encher o “bucho” deles por uma semana no máximo, e passar fome até a próxima distribuição das mesmas pelo nosso nobre governo federal.Haja cabôclo fazer filhos,p/poder receber o tal malefício,ÔPA! beneficio..hehe.Meu marido observou que aqui em Macapá o povo pode até não ter oque comer,mas tem um bom son p/esfolar no ouvido dos outros e de quebra, uma pinga das brabas.Como diz um cantor da terra ” que vida boa sumano..suprimo…nós só tem que fazer minino…”.Será que Lula e Dilminha se inspirou nos cantores daqui?Nada contra os cantores daqui em,adoro-os.

  • Uma pergunta para o todo poderoso deputado “Moisés Souza” e aos demais deputados.
    Cadê o Portal da Transparência? ou também não vai cumprir…nao demora a casa vai cair.

  • Estamos bem servidos de deputados: o deputado Moisés pensa que é Deus, a Cristina pensa que não existe a tal verba de 100 mil, Rosely só pensa como ganhar pra prefeita em Santana, Edinho pensa como emplacar o restante da familia em cargos, SandroHana pensa que ainda é miss(faz tempo) e vive falando em concursos, Eider preocupado com as terras, Marilia vive com cara de paisagem…ai meu Deus! inde vamos chegar?

    • Concordo com você amiga.
      Mas esqueceste de mencionar outros tipos de deputados, ou seja, “aqueles” que somente vivem atrás das periguetes.
      Incrivel! Os carinhas não conseguem pensar em outra coisa.

  • Os membros do MP, querem governar, legislar e administrar sem passar pelo processo eleitoral. Se a verba é imoral, ilegal, impetre ação, afinal sãos fiscais da lei. Cadê a sociedade civil organizada, o eleitor p/ protestar e não votar nas próximas eleições. O problema que todos os dias um número significativo de eleitores saem de suas casas p/ pedir aos deputados e vereadores o pág da conta de luz, de água, da compra do gás, da bóia etc…

      • Pois que façam valer estas recomendações,eu acredito no MP.Tô ‘revoltada” com as atitudes desse dep. Moisés e “indignada” com a aceitação dos outros fanfarrões.

  • O senhor Carlos Sérgio, com seu comentário esfarrapado, tenta diminuir as ações, diga-se, legítimas do MP em prol da sociedade. Tal atitude é digna de quem exerce cargo público, demissível ad nutum, e não suporta que uma instituição como o MP exerça as suas funções constitucionais fiscalizando o que lhe compete. Deveria ele abster-se de fazer comentários deste porte, como se os deputados estivessem certos e o zé povinho errado. Mas tudo bem isso é típico de quem já esteve – ou está – acossado.

    • Pois ao contrário de vc,penso que o Sr. Carlos Sérgio falou certo,pois em suas palavras ele conclama(chama na xincha)o MP e o POVO à fazer valer seus poderes e direitos.O MP é autoridade sim, e o povo mais ainda,pois se tem o poder de colocar,eleger os nobres deputados e D+ representantes,tem o poder de tirá-los tb,basta querer.Oque tá faltando em nosso Brasil é a sociedade como povo se organizar,ir às ruas e botar p/correr esses fanfarrões.

  • Só ha duas coisa a ser feita diante deste cáos que se instalou ne plítica de nosso Estado: Sentemos e assistiremos como verdadeiros babacas os caras saquearem os nossos cofres e nas eleiçoes seguinte vamos aplaudi-los pelo grande feito ou a sociedade civil se organiza de forma “independente” e vamos botar pra quebrar Irmão, arrancar esses caras do poder e coloca-los no lugar que eles merecem, “NA CADEIA” lá que é lugar de ladão.

    • É oque penso tb,enquanto a sociedade(povo em geral),não se organizar e dar um basta na “audácia” dos politicos fanfarrões travestidos de donos do planeta,em especial do Amapá,sofreremos as consequencias,isto é fato.Esse Sr. Moisés e os outros terão “minha resposta” nas próximas eleições se por aqui ainda estiver,espero estar.

    • Assim como a sociedade se organizou para protestar contra a corrupção num movimento anterior no país todo, poderiamos agora aqui no Estado se organizar e mobilizar uma campanha e um protesto para mostrar nossa indignação contra essa farra com os recursos na Assembleia!!!! Muitos falam que Moises vem se mostrando um Lobo em pele de Cordeiro! Ainda nao quero acreditar!!!
      Mas o certo é que n devemos ficar inertes , vendo isso tudo e deixar que aconteça!!!
      Vamos nos Mobilizar!!! Vamos protestar!!! Vamos a Rua!!!! Quem esta a favor?!?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *