Cleber Barbosa

A pequena Vitória do Jari, no sul do Amapá, despertou nesta segunda-feira com a notícia de uma tragédia na residência de uma das mais tradicionais famílias políticas da região. Ronni Beirão, filho do ex prefeito Luiz e da atual deputada estadual Raimunda Beirão (PMB) faleceu ainda de madrugada vítima de um tiro acidental. Ele manuseava uma arma de caça e, segundo as primeiras informações, acabou disparando a espingarda por acidente.

De acordo com os familiares e amigos, o tiro atingiu o peito do rapaz, afetando ainda parte do pescoço. Ele ainda chegou a ser levado para a Unidade Mista de Saúde de Vitória do Jari, mas segundo a equipe médica já chegou sem os sinais vitais.

Nas redes sociais, além da comoção com a trágica morte de Roni, alguns amigos levantaram suspeitas sobre se de fato foi um acidente. “O Ronny não manuseava arma carregada… Até pra transportar no carro ele tirava o cartucho…

Essa história tá mal contada… Convivemos muito anos anos juntos, muito estranha essa história”, disse Antônio Pantoja, amigo de Ronny. Um inquérito policial deverá ser instaurado para apurar melhor as circunstâncias da morte do rapaz.

Por telefone, a assessoria da deputada Raimunda Beirão informou que ela está providenciando embarcar para Vitória do Jari, ainda em meio à dor e ao abalo da notícia. O pai de Ronny, o ex prefeito Luiz Beirão, está na cidade, também muito abalado, até porque recentemente passou por sérios problemas de saúde.

Ronny era o mais novo dos três filhos biológicos do casal Beirão, que também tem mais sete filhos adotivos.