Faleceu Dona Quelé Soares de Souza. Uma distribuidora de amor

Dona Clementina Soares de Souza, a queridíssima Dona Quelé faleceu hoje, aos 91 anos, em João Pessoa, onde morava depois que uma parte dos filhos mudou pra lá.

Charmosa, vaidosa, carinhosa, e uma pessoa que distribuía amor e conforto a muitos. Era sempre um carinho recíproco vê-la. Que bom que cheguei a encontrá-la em uma das últimas vezes que veio a Macapá.

Dona Quelé era viúva do Sr Luiz Gonzaga de Souza, por muitos anos presidente da Federação Espírita do Amapá. Mãe do presidente do Tribunal de Contas do Amapá, Ricardo Soares,  e dos queridos amigos Eny e Ismael, além de Leny, Raul e Emanuel Soares de Souza.

Deus a receberá em sua Glória.

Foto: arquivo de Cláudia Oliveira

  • Minha mãezinha do coração, aquela que não foi pelos laços de sangue, mas foi pelos laços de afinidade, afeto, amor, amizade e muito mais, acaba de desencarnar. Deixou o corpinho que já estava frágil, debilitado com a doença que lhe alcançou a alguém na anos. Hoje fica a saudade, mas fica a certeza de que cumpriu a sua missão com tamanha mestria. Muito ela me ensinou. Me ensinou a cozinhar, a receber, a amar. Deixou um legado de firmeza, mas com muita amorosidade, quisera chegar um dia a seus pés. Ajudou tanta gente, vestiu tantas crianças, alimentou tantos famintos. Seu lar era uma casa de boneca, de avó, sempre tinha um pedaço de bolo para saborearmos, sempre tinha um cheirinho de flor, vindo do seu jardim. Ah o jardim! Levei muitas plantas de lá, para que o meu ficasse como o dela, mas jamais consegui. Vá em paz mãezinha, me espere, porque sei que nos reencontraremos e se Deus permitir virei como sua filha. .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *