Faleceu na madrugada deste dia dos pais de 2011, aos 93 anos, o ex-governado Annibal Barcellos

Oficial da Marinha, foi governador do Amapá por duas vezes, sendo o primeiro governador eleito, e foi deputado federal e prefeito de Macapá.

Carioca, chegou ao Amapá pra ser governador do Território, e se apaixonou por esse pedaço cheio de água da Amazônia. Nunca mais foi embora.

Em seu primeiro governo, 1979 a 1985, fez do Amapá um canteiro de obras estruturantes e lutava pela transformação do território em estado. Fiscalizava pessoalmente tudo. Era um governador linha-dura. E fez um governo empreendedor. Mas ao mesmo tempo que pensava no Amapá do futuro, desprezava a história e a memória.

No segundo governo, 1991 a 1994, já eleito pelo povo, e em época de regime democrático e de crises políticas nacionais, fez um governo fraco e por já não ter a mesma disposição, cheio de focos de corrupção.

Barcellos era um desportista. E até bem pouco tempo, mesmo com a idade avançada comia e bebia de tudo e lembrava de tudo e todos. E adorava percorrer a cidade, observando o que estava acontecendo.

Com o neto, Alexandre, votando na eleição de 2008

Homem de imenso carisma. Era muito amado pelo povo do Amapá que o tratava carinhosamente por “Comandante” e que com certeza saberá lhe render as melhores homenagens.

Com o amigo Bolero, no aniversário de 90 anos

Seu corpo será velado na Assembléia Legislativa e seu enterro será na segunda-feira.