Esclarecimento da vice-prefeita Helena Guerra

Cara jornalista Alcilene Cavalcante

Estamos enviando para o seu conceituado Blog.

A resposta da Publicação referente ao dia 23 de Setembro em que o
leitor questiona a acessibilidade na frente da residência da Vice
Prefeita Helena Guerra.

Em primeiro Lugar a Vice Prefeita, Helena agradece a observação feita
pelo leitor Diego Neris Isidoro.Ela informou que se sente feliz em
saber que temos pessoas preocupadas com acessibilidade de pessoas que
necessitam e muito se deslocar pelas ruas e avenidas da nossa capital.
Finalmente informamos ao referido leitor que a residência da
vice-prefeita passa por reformas e que a última etapa da reforma é
exatamente a correção da calçada e o muro da referida residência como
se pode observar pela foto recente enviada a este conceituado blog.

Atenciosamente;

Assessoria de Comunicação
Vice Prefeitura

  • A retirada dessa grama foi feita no sábado pela manhã.(dia seguinte da publicação) #RISOS
    Seria mais interessante ela descer do salto (que não deve ser pequeno) e humildemente reconhecer o erro.

  • Alllooows! Tõ construindo minha humilde casinha. Tava querendo fazer um gramadinho no jardim… Será que a poderiam ceder pra mim essa placas de gramas que foram, digamos, exoneradas da frente dessa casa…?!

  • Reforma? Só se a tal reforma começou no domingo, porque sábado passei em frente à casa da vice-prefeita e o jardim construído no lugar da calçada tava lá, bonitinho.
    Não vejo nenhum problema em admitir o erro, vice-prefeita, pedir desculpas a população e consertar. O nome disso é honradez! Mas fingir que a constatação do fato não era verdade é torpeza que não dignifica a quem ocupa o segundo cargo mais importante do executivo municipal.

  • Para uma cidade que quase não tem calçamento é até justificável a preocupação da Sra. vice-prefeita,mas penso que deveria se preocupar tb em dar calçamento às ruas e avenidas da cidade, ao invés de se ocupar em reformar só a sua.Talves seja por isto que os moradores,lojistas,empresários,etc…se sintam donos das calçadas existentes(pois são construidas pelos mesmos)e alguns montem seus negócios nelas,tipo BUBA-JATO,que há anos existe próximo a EMOAP.

  • É FACIL FALAR OU TODO MUNDO EEEEE BURRO POR DEMAIS SABENDO QUE A REFORMA FEITA O JARDIM NA RUA FOI O ULTIMO, DIGO RUA POIS A CALÇADA FICA EM FRENTE A CASA NÃO NO FUNDO, POR ONDE ENTROU O MATERIAL DA BENTIDA CALÇADA? SI LIGUE VICE PREFEITA.

  • isso comprova que a nossa vice-prefeita e ms sensata q esse prefeito arrogante q governa esse municipio;
    ex:pergunta se ele tira o muro em q colocou em area de ressaca em sua residencia que fica na rodovia mcp stn ;atras de uma revendedora de veiculos

  • Faltou ela mostrar a faixa de pedestre logo mais adiante , em frente de muitas escolas do município não tem , e a guarita de segurança com vigilantes 24 h pagos com nosso dinheiro!

  • Não acredito que as autoridades publicas não atentem ao caos que estar o transito da cidade de Macapá principalmente o perimetro do centro , na rua São José entre as avenidas Presidente Vargas e Raimundo Alvares da Costa!! É um matirio ir sentido centro zona norte!!!
    E essas empresas que estão fazendo obras de esgoto na capital, não colocam uma nota da imprensa explicando onde serão trechos intertidados… elas fazem o que bem querem …

  • A reforma terminou a dias e só depois da denuncia do diego e que viram que a calcada estava inadequada conforme a lei municipal?? E bom comprar óculos para os moradores da residência da senhora Vicente prefeita.. O bom e que ela lembrou que os deficientes físicos tbm votam.

  • Ainda bem que ela (Helena) tem dinheiro (nosso)disponível para consertar seu erro.Se fosse na calçada de Alcilene, como seria?

  • Como sempre digo: o mau exemplo vem de cima. A reparação aos obstáculos do passeio público pela residência da vice prefeita,principalmente para deficientes físicos e pessoas idosas nem deveria ter existido, porque o Código de Posturas do Município de Macapá é bem antigo. Mas, vamos esquecer o passado e torcer para que o poder público se torne autêntico, observando os princípios que o norteiam e não verdadeiro fariseu!

  • O importânte é que a Sra. vice-prefeita reconheçeu seu erro e corrigiu!
    sobre a Guarita de viligância em su casa, acho que ela deve ter direito como autoridade do Municipio e pelo risco que corre devido a associação Grupo das Lágrimas que põem na cadeia tantos assassinos a qual a mesma é presidente de honra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *