• Ela vai colocar mais uma Laranja para poder negociar a sua reeleição,pois ele está muito comprometida,face ao PT do Sarney e ao PT do Waldez/Roberto Cassado 4 vezes.

    • Observo que ai em Macapá ninguém mais fala em Roberto, sem adicionar o sobrenome Tetracassado.QUE VERGONHA se manter no poder dessa forma.

  • PT…que partido político é esse? Surgiu como uma bandeira na luta contra a ditadura e hoje se agarra naqueles que a apoiavam! Se tornou apenas mais um, já não faz mas diferença… a não ser na capacidade voraz de se apoderar das entranhas do poder, pelo poder e para o poder. Tudo pela “governabilidade” nada pelo povo. De fato nós voltamos a origem da democracia grega, apenas alguns são os privilegiados e o povo (pobre, semianalfabeto, doente, sem esperança) aceita as migalhas dadas de quatro em quatro anos (R$50 e até R$100). Enquanto isso, o “pobre” sindicalista tem a cara de pau de chorar diante de uma nação quando diz que o seu primeiro diploma foi o de Presidente da República, ridiculo! Passou mais de vinte anos somente vivendo da política e para a política, não estudou nesse período porque não quiz! Falesse a verdade, já não era mais uma menino pobre de Pernanbuco, era um homem muito bem informado que fala com um linguajar de deboche, afirmando que “eu falo do jeito do povo”, é um incentivo ao descaso pela educaçao…educaçao tão abandonada, afinal, quem quer um povo consciente?… infelizmente nãop vejo possibilidades de mudanças a curto ou médio prazo, quem sabe meus tataranetos vivam num país melhor daqui a cem ou cento e cinquenta anos. Os jovens idealistas de ontem são os lacios do poder

    • PERFEITO seu comentário,à ele(Lula), só interessa o poder.Diz falar a linguagem do povo,mas resta saber qual povo, se oque esta no poder junto c/ele (que é o + provável),ou se àquele sofrido,dos quais ele quer distância….e haja distância.Talvez em 2010 essa distância diminua, p/conta dos interesses dele.

  • Alcilene, Lá vem tú.
    Isso aí não é nem laranja. è acerola. Isso é pra Dalva poder pedir pro Jeizé ficar no RURAP, e mais uma ou duas diretorias de escola. O que tá pra lá de bom por PT, que vai passar pra história como o único partido qua conseguiu, adminstrando um monopólio, estatal ainda por cima falir uma empresa, no caso CEA( deve R$ 600.000.000,00. Como diria o LULA: Nunca na história desse país…..
    Muleke, qua mora num bairro que vai ser batizado de Vagalume, tanto que pisca a luz da CEA do PT. Tô fora…

    • Tem um tempinho que não posto p/aqui,mas me divirto muito com seus comentários (sarcasticos e cheios de humor),que me parecem bem verdadeiros.Não moro em Macapá,mas sou dai e me interesso p/tudo oque diz respeito a minha city.

  • Alcilene,

    Irei me pronunciar sobre essa postagem, espero que você divulgue uma nota que irei escrever sobre essa situação de o PT ter candidatura ao senado. Mas como sei que você é democrática, irá abrir espaço para nós colocarmos nossa posição política.

    Não é bem assim não como você tá colocando ai!

  • PT tem que aproveitar a última negociata com este desgoverno que aí está,pois ano que vem a patifaria vai acabar.A harmonia com pelo menos a metade dos seu membros presos e a outra respondendo processos.

  • O PT não é um partido e sim partido, um partido politico tem ideologia, planos, metas, caracteristicas, isso o PT não tem, no poder não conseguiu nem manter seu discurso, aqui no Amapá e troco no jogo do poder, aceita migalhas para garantir um depudado estadual e um federal a cada eleição, é o máximo que consiguirá no ano que vem.

  • quem tem esperança de continuar nas tetas do cofre pública tem a audácia de defender uma organizaçao que já morreu mas esqueceram de enterrar (leia-se PT)

  • A eleição de Lula não é, necessariamente, uma vitória da classe trabalhadora. Sua chegada ao poder foi bem negociada com as elites e a “Carta ao povo Brasileiro”, é uma indicação clara de que o Partido governaria para os donos do poder e que a transição iria “do nada prá lugar nenhum”. O partido se lambuzou com o poder e suas lideranças foram cooptadas para dentro do governo, esvaziando as lutas e os movimentos popupares. PT nas ruas? aonde? Cambando para a social-democracia e deixando de lado o socialismo e as lutas do povo, o PT sucumbiu aos partidos de centro/direita e deixou que o poder fosse compartilhado por grupos políticos que sempre mandaram no país, e que fizeram da república um grande feudo para seus interesse privados e muito escusos. Lideranças expressivas como Ivan Valente,Leonardo Boff,Heloisa Helena,Babá, Edmilson Rodrigues, Randolfe, Corrêa Neto e muitos outros foram taxados de pelegos e antipetistas e obrigados a deixar o partido, sob pena de expulsão. Pasmem senhores(as)! Recentemente a ministra/senadora Marina Silva não aguentou a pressão e a política nefasta e entreguista do governo Lula para o meio ambiente e teve de deixar o cargo e se filiar a outro partido. Até um senador do calibri de Aluizio Mercadante é ogrigado a silenciar para não sofrer a ira do planalto e seus aliados: Sarney, Renan, Collor, etc.O PT entregou sua ideologia e suas convicções ao lulismo e tá pagando caro por isso. Lula passa, seu governo, também, mas os paradigmas da construção e formação partidária permanecem. No Amapá, não é diferente. Seus dirigentes regionais e municipais levam o partido à reboque dos governos de plantão. Esvaziaram o debate partidário, se apegaram aos cargos e vivem numa luta fratricida para degolar um ao outro. Não possuem unidade e ainda forjam CANDIDATURAS BRANCAS para brincar de eleição. Uma sandice! Dalva Figueiredo não constrói a unidade e sua liderança não catapulta o PT para disputas com as outras forças partidárias, que levem o partido a ser governo. Prefere viver à sombra de outros partidos para salvar seu pequeno mundo(seu mandato).

  • voces podem observar que o Sarney fez escola em Macapá e no PT local.
    O PT local age como o PMDB nacional, isso é se coloca a margem das disputas politicas maiores e prefere negociar apoio em troca de benesses, cargos e outras negociatas para um pequeno grupo, que no Amapá se restringe a Dava e Joel. Esles destruiram o projeto de poder do partido no Amapá, eles querem mesmo são as CEA´s da vida para acabar de vez e levar pro buraco.

  • Lene pega leve, como vou conseguir dormir depois dessa.
    Me deu uma sensação de Dejavu.Eu ja não vi um filme parecido com esse, aliás com esse mesmo personagem no papel principal. Brinquei com essa situação um dia desses com alguém da cúpula do PT, demos boas risadas e me garantiu que isso não aconteceria nunca mais.
    Fico pensando, por que a Dalva não apoia logo o Gilvan e acaba com esse teatro.
    Antes tinha pena dos marionetes , agora, mais grandinha e velhinha ja aprendi que nada é de graça e que pode até parecer que não , mas vender a dignidade é uma bagatela, um nadinha por uma direção de escola municipal.

    Bjs estrelados

Deixe uma resposta para Laranja Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *