Demorou mais que nos outros estados, mas o Amapá já sente o desabastecimento

 

Distribuidoras, atacadistas e supermercadistas dizem que os alimentos secos, como arroz, feijão e outros, não devem faltar, pois tem estoque.

Mas os perecíveis, uma parte já está faltando e outros vão faltar faltar sim.

Os produtos perecíveis que passaram muito tempo na estrada, com a greve dos caminhoneiros, chegarão no estado quase vencidos e serão devolvidos. Produtos como carnes e laticínios.

Pão não vai faltar. Tem um navio carregado de trigo já pronto para descarregar no porto.

 

  • E hoje sábado, 02.06.2018, a gasolina volta a aumentar nas refinarias. Totalizando 11,29% nos últimos 30 dias. Por conseguinte, os preços continuarão a crescer.
    Infelizmente, a maioria do povo brasileiro “paga a conta” por uma minoria que, em sua imbecilidade, acreditou ou, ainda, acredita nos “espertos” que se “empoleiraram” no poder.
    Como o Cazuza pergunto: QUE PAÍS É ESSE??????????????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *