Ministério Público pede suspensão do aumento nos subsídios de prefeito, vereadores e secretários de Santana.

tiago

A Ação Civil Pública foi movida pelo Promotor de Justiça substituto, Tiago Diniz, da Promotoria do Patrimônio Público de Santana.

As normas municipais aumentaram os subsídios do prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores para valores superiores ao estabelecido pelo ordenamento jurídico.

A partir de janeiro deste ano, os subsídios do prefeito de Santana passaram a ser de R$ 18 mil, o do vice-prefeito de R$ 13.500, dos secretários de R$ 8 mil, e dos vereadores de R$ 4.800. O presidente e o secretário da Câmara passaram a receber R$ 9.600 e R$ 7.200, respectivamente.(Ascom-MP)

PMM anuncia incentivos para os plantões médicos nas unidades de saúde

A Prefeitura de Macapá aceitou proposta apresentada pela Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) e concedeu reajuste no valor pago pelos plantões médicos das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) – 24 horas e Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Na avaliação do prefeito, a medida faz parte de decisões administrativas voltadas a atrair mais médicos para trabalhar no município e melhorar a qualidade dos serviços à população.

(ASCOM-PMM)