Da coluna From, de Luiz Melo no Diário do Amapá

Peçonhentos
Mordidas de cobras e picadas de escorpiões aumentam no Estado.
Isso, sem falar das mordidas de ratos, catitas e ratazanas que ainda infestam alguns gabinetes oficiais.