Decreto assinado, marido Ricardo Leão Dias vai para reserva depois de  30 anos de carreira de militar da ativa, de oficial do Exército Brasileiro e da Polícia Militar do Amapá, onde exerceu quase todas as funções inerentes as suas patentes. Foi ainda ajudante de Ordens do Governador Jorge Nova da Costa e Chefe da Casa Militar do governo de João Alberto Capiberibe.

Ricardo Dias. Eu mais do que ninguém, sei o quanto você amou sua carreira e honrou a farda e a função de Policial Militar.

Aproveito o blog, que lhe rouba um pouco do meu tempo, pra lhe render minhas sinceras e afetuosas homenagens.

E dizer o quanto eu e nossos filhos temos orgulho de você: Da sua seriedade no trabalho, competência e dedicação nas funções, inteligência e conhecimento, honestidade e retidão nos princípios. Seu perfil corajoso, ousado, sincero e verdadeiro. Sua rebeldia eternamente juvenil. Que não se acomoda e nem se aquieta. Está sempre a postos para encarar desafios.

Você, aos 49 anos, encerra com brilhantismo a carreira escolhida. Isso é uma benção.

Que Deus continue protegendo-o com as melhores bênçãos e guiando-lhe nos novos caminhos que hão de vir.