A Comarca de Laranjal do Jari aderiu à programação do Mês Nacional do Júri, que tem como objetivo intensificar os julgamentos de crimes dolosos contra a vida, garantindo rapidez e eficiência na tramitação de processos. A comarca já realizou um julgamento nesta terça-feira dia 06 de novembro e outro na manhã desta quarta-feira (07/11), com o restante dos julgamentos distribuídos ao longo mês – totalizando oito júris.


A titular da 1ª Vara de Competência Geral da Comarca de Laranjal do Jari, juíza Marina Lorena Lustosa Vidal, destacou que entre os julgamentos programados está o de uma ação penal distribuída no último dia 16 de outubro que trata de denúncia de homicídio que teria sido consumado no dia 07 de outubro de 2018.


“A rapidez nos julgamentos dos crimes dolosos contra a vida, além de diminuir a sensação de impunidade, aumenta sobremaneira a credibilidade da Justiça. Essa agilidade garante ao acusado ser julgado de maneira célere e sem prejuízo das garantias constitucionais que lhe são asseguradas”, declarou a magistrada.
A juíza Marina Vidal esclarece ainda que a participação da Defensoria Pública, Ministério Público e Advocacia constituem o êxito nesta concentração de esforços do Mês Nacional do Júri. Os julgamentos seguem nos dias 08, 12, 13, 14, 26 e 27 de novembro.