Carta aberta à José Dirceu

Em virtude da vinda do ex-ministro José Dirceu ao Amapá, quero ter a oportunidade de me dirigir a um dos homens que estiveram no epicentro de uma das maiores crises política do PT e do sistema político brasileiro.”

Heverson Castro – Membro do Diretório Municipal do PT de Santana

Caro José Dirceu,

O senhor é sabedor de que a estratégia adotada pelo ex-campo majoritário do PT, da qual você faz parte, se tornou responsável pelo rebaixamento programático do PT, onde nosso partido fez concessões políticas de seu programa, por conta da defesa de alianças com setores do grande empresariado e com partidos tradicionais da política brasileira.

A “Carta ao Povo Brasileiro”, foi a expressão de que o governo Lula não iria romper os grilhões históricos, que fazem com que nosso povo permaneça pobre, mantendo compromissos promíscuos com a burguesia antinacionalista, que controla o poder político e econômico nesse país. No entanto, o povo brasileiro reconhece os avanços obtidos no governo Lula, que já é considerado o melhor governo da história desse país.

Não posso deixar de reconhecer a sua contribuição na história do PT e da esquerda brasileira, o que também não me proibi de tecer algumas críticas ao senhor. Diante disso, quero também colocar algumas posições políticas que acho importante o senhor ter conhecimento, no que tange a conjuntura estadual, a atual situação do PT e da esquerda amapaense.

O senhor é sabedor que o PT está na base de sustentação política do desgoverno de Waldez Góes? Governo este que é um dois maiores inimigos do povo amapaense, da juventude, da classe trabalhadora e dos setores explorados e excluídos da sociedade amapaense.

O senhor deve ser sabedor que o PT em 2006 teve candidatura própria ao governo do estado, resolução aprovado em encontro estadual, onde o companheiro Errolflyn Paixão disputou a eleição como candidato “laranja”, sendo mais um instrumento de uso e serviçal dos interesses de setores e personalidades de dentro do partido, que não poderiam jamais, deixar de apoiar a reeleição do governador Waldez Góes e do senador e coronel José Sarney.

O senhor é a referência intelectual das atuais lideranças da corrente CNB, da qual você faz parte, e várias lideranças do PT que dirigem o partido no estado fazem parte. Por isso, tenho certeza que todos deveriam fazer uma grande reflexão sobre a atual crise organizativa e de identidade que o PT do Amapá vive.

Não podemos ver o povo amapaense sofrendo, enquanto temos um presidente que consegue obter conquistas sociais históricas, fatos vistos em números, enquanto no Amapá isso não é uma realidade para a população carente do estado. O PT não pode mais continuar sendo base de sustentação de um governo e de um grupo de poder que é marcado pela corrupção, tráfico de influência, depreciação do patrimônio público e desrespeito ao Estado Democrático de Direito.

O atraso social é visto em nosso IDH, que é um dos piores do país, na escassez de água encanada, na falta de política públicas para a juventude, que é a maioria da população carcerária na penitenciária do estado.

A corrupção pode ser vista nas operações da Polícia Federal, nas prisões de políticos ligado à Waldez e Sarney, nos desvios de recursos federais das obras do aeroporto e no assalto aos cofres públicos pelo grupo de poder que controla o estado.

Se não bastasse, temos que tolerar e ver lideranças do PT abraçadas com o oligarca Sarney e com o coronel da mídia amapaense, o senador Gilvam Borges, ambos do PMDB, o partido do fisiologismo e um dos campões em corrupção política no Brasil.

Diante disso, vejo que o senhor deveria fazer uma autocrítica sobre essa estratégia que o PT vem adotando desde 1995, quando o senhor assumiu a presidência do PT nacional e conseqüentemente junto com a sua corrente política impuseram um rebaixamento programático de nosso partido.

Esse rebaixamento se reflete no Amapá, na atual situação política do PT, que exige uma nova direção e mudanças radicais em nossa estratégia, que terá como eixo principal ter candidaturas próprias ao senado e ao governo do estado.

Sabemos que o Amapá não tem peso eleitoral nacionalmente, mas o PT local pode vir a contribuir muito com o futuro governo do PT em 2011 e a eleição da primeira mulher presidenta da república, dando sustentabilidade política no congresso, derrotando a atual política de governabilidade, que nos torna refém das velhas raposas da política brasileira.

Em 2008, o PT conseguiu obter vitórias importantes nas eleições municipais, elegendo três prefeituras no estado. Em Santana, o segundo maior colégio eleitoral do estado, conseguimos derrotar as candidaturas bancadas por Sarney, Waldez e seu grupo de poder , que tentaram orquestrar, aliados à mídia local, uma derrota eleitoral ao PT, não conseguindo obter êxito.

O PT saiu vitorioso na segunda maior cidade do Amapá, derrotando todos os poderosos do estado, demonstrando que o nosso partido pode continuar sendo uma referência de esquerda e uma alternativa de projeto para esse estado em 2010.

Em Macapá, o resultado foi diferente, pois sofremos uma grave derrota política, fruto da estratégia defendida pela CNB, corrente que o senhor faz parte. Essa política engessou o partido, nos afastando dos movimentos sociais, da intelectualidade e dos setores progressistas.

Diante disso, estamos lutando para reconstruir a imagem do PT no estado, o que exige a tarefa de reoxigenarmos o debate político nas fileiras do partido. Mas sabemos que essa tarefa não será fácil, pois haverá muita resistência no núcleo duro que controla nossa estrela.

Portanto, dianto dos fatos, quero dizer que este é o momento de nós darmos a volta por cima, mudar o PT, transformando a vida do povo. Esse é o momento de nós reorganizarmos o campo democrático popular no Amapá, construindo uma grande Frente Popular para derrotar as oligarquias locais, o projeto de poder da direita, sustentado por Sarney e Waldez, demonstrando que o PT pode ser sim, uma alternativa de mudanças para esse estado.

__________________________________________

Heverson Castro

Membro do Diretório Municipal do PT de Santana-AP

Coordenador Municipal da JPT de Santana-AP

  • Heverson Castro, gostei da sua carta aberta, mas ela é endereçada a pessoa errada. Você acredita no Dirceu do MENSALÃO, esse cara é um câncer em fase de metástase que corrompe a política brasileira.

  • Até parece que essa carta foi escrita pelo Heverson! Esse rapaz é um bobo e esta sendo usado para falar aos bam bam bans do PT- Amapá o que o PBS não tem corregem e nem moral para falar!!!

  • Na carta aberta ao Zé Dirceu,não deu para perceber que o Heverson queira que o PT e PSB estejam juntos nas eleições 2010.O que eu percebi foi o autor nda carta chamar alguns dirigentes aproveitadores do PT de corruptos,junto com Waldez e Sarney.Ou eu estou errado, não há dúvida Jucicleber.

    • Quem é essa pessoa P/ Jucicleber. Não tem nome? Tem medo ou vergonha de se pronunciar?
      Acho que não entendeu minha colocação. Quando afirmo que faltou o Heverson defender a aliança PT-PSB, estou sugerindo que ele amadureça essa idéia. Não estou discordando em nada o que ele citou, apenas sugeri mais um ponto para debate. Apenas isso!

  • O Beija-Flor,deve ter CDS no RURAP,CEA ou ADAP, todos falidos por execesso de corrupção.Olha o nome que ele escolheu “Beija-Flor”,símbolo da “Parceira Nota 10”,bandeira de enganação e corrupção entre Waldez(PDT) e João Pororoca(PT).

  • P/ Beija-flor
    Com certeza vc não conhece o Heverson para falar uma asneira dessa. Esse jovem é uma grande promessa da política amapaense, rapaz muito inteligente! Pelo q parece o único bobo aki é vc.

  • O que dinheiro não faz.Hoje o radialista carlos lobato,se diz encantado e apaixonado pleo Zé Dirceu.E olha que o homem era o chefe do Mensalão.

  • Essa carta quase me emocionou. É uma história legal pra Centros Acadêmicos e afins. Caro heverson, você fala tanto em passado histórico de batalhas e vem querer me eleger a dilma que já participou de sequestro e assaltos durante a sua “formação de esquerda”.. Dá um tempo.
    O problema do PT é que ele criou uma fantasia da qual apenas seus membros acreditam ser viável.
    Apenas hoje, com a fidelidade partidária é que o partido começa até alguma força e isso em ambito local, imagina se o PT obriga todos os diretórios estaduais a coligar apenas com a “esquerda”…Adeus Dalva nesse cenário. Meu amigo, pare com o sonho e pense em um futuro viável para o país. Pare de acreditar em “salvador da pátria”.
    Quer mudar a política do seu Estado, participe da vida política do canditado em que você votou ou não. Cobre ação política, pois a maior parte dos pedidos, são para político ser paraninfo ou pra ajudar numa “comemoração”…
    Quer mudar, fale para as pessoas próximas de você parar de eleger parente de político. No Amapá, perpetuamos famílias na política e depois reclamamos. Olha a nossa Câmara de Vereadores…Grande parte filhos de Deputados Estaduais. O PSB que é o partido da democracia, não passa de um partido familiar, onde os maiores cargos são de Capiberibes. Sabe quando o Ruy Smith ( um dos melhores deputados estaduais que temos) vai se candidatar a Deputado Federal. Nunca. Sabe quando a Cristina vai se candidatar a Deputada Estadual, nunca. Isso é fato!!! Ser parente de político incapacita alguém de ser um bom político, NÃO, mas não viabiliza o debate, a mudança, pois tudo fica em Família”.

    Essa é minha opinião. Vamos parar de cartas abertas, o cara é de São Paulo, tu acha que ele tá preocupando se o PT local faz parte do governo ou não.

    Faça carta aberta para as pessoas próximas de você, tente multiplicar a idéia..Escreva para a direção local do PT, fale com a Deputada Dalva ou com quem for, pois no que Depender do Dirceu…ele queria mesmo era conversar com o Governador.

    • Tb comecei a ler a carta e achei que tava batendo um bolão,mas quando chegou na eleição de Dilma,parei por ai,nem quiz saber mais do resto.TIK!

  • Os iluminados do Nogueira devem ter gastado uma grana com esse jovem promissor. A carta é tão direta que logo se percebe que a ala dos paladinos da moralidade e da auréola na cabeça é retornar o PT para o patrulhamento “ideológico” do PSB e o projeto familiar dos Capis(Capi senador, Janete Dep. Federal, Camilo Dep. Estadual e Luciana??? Essa é a ala que não tem voto, mas, se acham os suprassumos da inteleigência e da moral. Dá um temp!!!

  • Os comentários seriam bem mais proveitosos se ficassem restrito ao futuro do PT/ap.Ele vai ficar ainda com o Sarney/Gilvan/Waldez.É esse o debate e não colocar outro partido no meio,um PT onde quem manda é o Sarney,não precisa falar mais nada.

  • Enquanto o Capi continuar disparado nas pesquisas,esses Ratos do dinheiro público tentam de todas as maneiras(todos contra um)derespeitar a figura que tem a maior liderança do Amapá.É por essas que tem radialista que deve até as cuecas para o Capi.

  • Tem que fazer uma carta aberta e falar sobre a Cea,Adap,Rurap,Dalva,Joel,Carlos Costa,Sarney,Gilvan,Waldez,Zé Dirceu,Erroflim e o falecido PT-ap.PT e PMDB juntos só no Amapá,em nenhuma local do Brasil o PMDB concorda,pois existem vários donos,esse que é o maior partido em pratica de golpe.

  • Carta Aberta????????????????????????
    Porra! Essa nova. Heverson. Tu é cagão meu caro. Tu tem crise de identidade. Olha a tua volta. Ou tu é PSB ou tu é PT. Não dá pra tu tá dentro do partido dos trabalhadores e defender a família capiberibe. Até o Randolfe que foi muito tempo bucha e baba-ovo do Capi já se libertoul. Vai ser senador da República. Deu o grito de independência. E disse mais pro capirotão: “Me respeite”. Te epelha cara. encurta o caminho. Não perde o teu tempo com projetos de famílias. Vc ainda tem salvação como político.

  • A Pesquisa que a Alcilene disse que ia publicar e não publicou,vazou e esses ataques para cima do Capi e sua família,parte da quadrilha que acabou com o Amapá,isso já era esperado,más a Policia Federal também está trabalhando em breve eles vão pegar gente que ficou com o Adulbo dos agricultores,a outra que fez uma reforma eletrica na Adap e custou R$ 150 mil reais e a turma que faliu a CEA.Aguardem !

    • Nao peguei a pesquisa. Mas com certeza é isso sim. É desesperador. O Capi sem mídia, sem espaço, em primiro lugar….

      • Temos que avisar o Fabiano Pereira no comentário la em baixo, acho que ele deve morar em outro estado ou em outro planete!

  • Interessante a sua carta. Um recado claro em relaçao ao futuro politico de Dalva. Se esta embarcar novamente na “garopa” do grupo comandado por Sarney, terá grandes dificuldades para se reeleger. Com a sua postura de marionete, quanto mais o tempo passa, mais diminuto o PT estadual fica. Dalva, é bom pensar no assunto! Lembre-se dos seu minguados votos na eleiçao municipal.

  • Revolução ou Política? O PT faz política, e, em que pese o seu pragmatismo, jamais irá mudar as leis do jogo político (no sentido que Maquiável se lhe atribui)… Não é possível moldar um santo com a lama da podridão e continuar com o manto pureza imaculado… (Égua essa foi f…)

    Acha ruim a atuação do PT? Onde estariam os milhões de brasileiros fora das bolsas famílias? Só chegando ao poder o PT conseguiu isso… (Pragmatismo, lembra)… Então antes de falar em rebaixamento programático, proponha uma via, FACTÍVEL – REAL – de fazer o mesmo ou melhor!!!!!!!!!

  • Ao Jucicleber,

    É claro que o PSB está inserido na defesa que fazemos dentro do PT. Quando falo em reconstruir o campo democrático popular, inserimos os partidos de esquerda: PT,PSB e PCdoB.

    Sempre quando falamos em Frente Popular, reconstrução do campo democrático popular, estamos falando em voltarmos a debater nossas alianças que deram certo e dirigiram o Amapá nos oitos anos de governo popular.

    Ao Carlos Costa,

    Não preciso falar nada sobre a história da Dilma, que é invejável. Quem critica a companheira Dilma, falando dos tempos de militante estudantil, onde combateu a ditadura, fazendo sequestro e a luta armada.

    Pode ter certeza, que ela teve mais coragem do que muita gente que ficou em cima do muro, teve mede de lutar contra ditadura. Dilma foi uma guerreira, como outros companheiros, que foram torturados, lutando pelo povo e pela democracia.

    Se você está falando o que quer aqui nesse espaço democrático, é por conta de mulheres como ela, que foram torturada, estuprada e sofrerem todo tipo de humilhação dos militares.

    Portanto, quando for falar do passado da Dilma tenha cuidado com as palavras, ela merece respeito, até mesmo de pessoas reacionarias como você, que pensa que a esquerda cometeu crime pegando em armas. Quem cometeu crimes, foi a direita, que se aliou aos militares e assassinou a democracia.

    Obrigado!

    • Essa mesma direita q o teu partido está aliada em nome da governabilidade. É por isso que o Lula salvou o Sarney, o Renan, o Jader e por ai vai.!

  • Parabéns, espero que a partir de sua iniciativa, o restante da juventude e outros militantes sérios que este partido ainda tem, se posicionem da mesma forma, porque do jeito que está não tem como o PT se salvar.

  • Caro Heverson, e você ainda defende atitudes como sequestro e luta armada…
    Complicado, mas é sua opinião. A “companheira” dilma é sua candidata, é a tal da paixão..ninguém explica..Pegar em arma é crime e pronto. Mas respeito sua opinião e me desculpe qualquer linha que possa ter te ofendido. mas deu pra perceber pelos comentários, que a esquerda no Amapá tem suas dificuldades..o que é normal. Só não inclua o PSB como democracia, por que parece brincadeira. A não ser que você apoie “democracia familiar”. Quero te ver nas eleições do ano que vem com idéia e não submisso a essa dita esquerda. E por fim, coragem se faz com palavras e argumentos e não metralhadoras e sequestros…
    E pra quem acha o Capi o supra sumo do Voto, por que ele não vem a Governador..

  • Cara Alcilene,
    Não se iluda, o Capi tem sempre partido na frente e no final eles se unem o levam a melhor! Aguardem pra vê o fim dessa história!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *