A Agência Nacional de Energia Elétrica (Annel) em parceria com distribuidoras de todo País, lançou a campanha “poupeestar” de uso consciente de energia elétrica. A ação tem dois objetivos centrais: Incentivar a economia e o uso racional da energia. Com o slogan: “Quando economiza junto, a gente economiza mais. Família inteligente, consumo consciente”, a campanha é estrelada por Ivete Sangalo e seu marido Daniel Cady.
Conheça mais sobre a campanha no site www.poupestar.com.br. A energia elétrica é um bem de consumo essencial e deve ser usada de forma inteligente, por isso, é importante que toda a população entenda que: o desperdício de energia elétrica gera mais despesas, estimule que sua família adote hábitos inteligentes e eficientes no uso da energia.

Confira as principais dicas de economia:

Chuveiro elétrico

  • Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos
  • Selecionar a temperatura morna no verão
  • Verificar as potências no seu chuveiro e calcular o seu consumo

Ar condicionado

  • Não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado
  • Manter os filtros limpos
  • Diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar condicionado
  • Colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto

Geladeira

  • Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário
  • Regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções
  • Nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira
  • Deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos
  • Não forrar as prateleiras
  • Descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente

Iluminação

  • Utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo; pintar o ambiente com cores claras

Ferro de passar

  • Juntar roupas para passar de uma só vez
  • Separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura
  • Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa

Aparelhos em stand-by

  • Retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências