Amapá defende aprovação do Projeto Anticrime do governo federal

 

O Projeto Anticrime apresentado esta semana, em Brasília, pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, vai beneficiar consideravelmente o Amapá. A opinião é do secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, José Carlos Corrêa de Souza, que esteve presente ao lançamento da proposta na segunda-feira, 4, na capital federal, e garantiu o apoio do Estado na aprovação da matéria.


“O conjunto das medidas ficou interessante porque teremos oportunidade de integrar o trabalho dos profissionais da segurança, do Ministério Público e dos demais órgãos da segurança pública, em especial com a esperada desburocratização dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública, que até agora não liberou absolutamente nada para o Amapá”, ponderou Souza.
Durante o encontro dos secretários estaduais de Segurança Pública e dos governadores, com o ministro, os representantes dos Estados tiveram oportunidade de apresentar reivindicações e relatar as dificuldades observadas em cada área específica nos estados. Carlos Souza enfatizou que, por ser uma área de fronteira, o Amapá precisa ter atendimento diferenciado.
O objetivo da apresentação do projeto aos governadores e secretários foi pedir apoio dos Estados para a aprovação das medidas no Congresso Nacional, já que os governadores exercem influência política sobre suas respectivas bancadas na Câmara e no Senado.
“O governador Waldez Góes também empenhou a sua palavra. Mostramos ao ministro que queremos fazer alguma cosia, mas até então não tinha nada de efetivo, como as alterações nas leis propostas agora pelo ministro Sérgio Moro com foco no combate à corrupção, crimes violentos e organizações criminosas. Isso demonstra claramente o desejo do governo de combate efetivo a esses tipos de crimes”, observou o secretário de Justiça e Segurança Pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *